Acordar cedo pode te fazer emagrecer, diz estudo

Levar uma vida saudável e emagrecer podem ser tarefas difíceis para qualquer um, mas um novo estudo mostra que quando você decide ir para a cama mais cedo e acordar também mais cedo, pode fazer uma grande diferença.

Até você mesmo pode perceber isso, quando dormimos mais cedo, deixamos de ficar beliscando durante a noite, e muitas das vezes na madrugada.

Alguns estudos feitos pela The Obesity Society (TOS) fizeram algumas descobertas que os consumidores que acordam cedo e vão para a cama em uma hora decente são mais propensos a ter uma dieta balanceada do que aqueles que ficam acordados mais tarde.

É o primeiro estudo desse tipo a investigar o que e quando pessoas com diferentes relógios internos comem.

A médica Dra. Courtney Peterson, ainda explica que os primeiros pássaros têm uma vantagem sobre os noctívagos quando se trata de combater a obesidade porque instintivamente optam por ingerir alimentos mais saudáveis ​​no início do dia.

Ela ainda afirma que fatores como o metabolismo e nossos relógios biológicos desempenham um papel importante na perda de peso.

“Alguns estudos anteriores mostraram que comer no início do dia pode ajudar na perda de peso e diminuir o risco de desenvolver diabetes e doenças cardíacas.

O que este novo estudo mostra é que nossos relógios biológicos não afetam apenas o nosso metabolismo, mas também o que escolhemos para comer “, disse ela.

Pássaros muito mais adiantados contra corujas noturnas

O estudo analisou dados de 2.000 participantes escolhidos aleatoriamente e analisou como o ritmo do relógio biológico e circadiano afetou o que eles escolheram para comer e a que horas eles provavelmente comeriam.

As descobertas sugeriram que as aves madrugadoras são mais propensas que os noctívagos a consumir alimentos saudáveis ​​e de alta energia ao longo do dia.

Por outro lado, os noctívagos foram encontrados para consumir menos proteína e mais sacarose e ácidos graxos saturados. Essas diferenças foram ainda mais pronunciadas nos finais de semana, com os corujas comendo mais vezes e em horários mais irregulares.

Os pesquisadores descobriram que as corujas noturnas também tendem a ser menos ativas fisicamente e ter um sono de qualidade inferior.

“Vincular o que e quando as pessoas comem ao seu tipo de relógio biológico fornece uma nova perspectiva sobre por que certas pessoas são mais propensas a tomar decisões alimentares pouco saudáveis”, disse a pesquisadora Mirkka Maukonen.

“Este estudo mostra que pessoas do tipo da noite têm hábitos alimentares menos favoráveis, o que pode colocá-los em maior risco de obesidade, diabetes e doenças cardíacas.”

Complicações na perda de peso

Embora as implicações para a saúde sejam impressionantes, os pesquisadores acreditam que as descobertas podem ser particularmente importantes para os consumidores que estão tentando perder peso.

Eles dizem que os prestadores de cuidados de saúde podem ajudar os consumidores, direcionando-os para opções mais saudáveis e horários de refeições específicas.

Procure acordar cedo, comer alimentos saudáveis e leves e fazer uma boa caminhada ou até mesmo corrida, você irá notar a diferença na balança, eu faço isso todos os dias e super recomendo, incluir em sua rotina diária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como deixar a banana verdinha por mais tempo, e não estragar, aprenda

A ansiedade pode afetar a saúde do seu coração em modo grave, entenda