Costuma jogar água na carne? Não sabe o risco que está correndo

Na nossa a infância, sempre fomos ensinados a lavar tudo o que vamos comer por uma questão de higiene. Mas hoje vamos te passar algumas informações importantes que poucas pessoas sabem que esse hábito causa mais mal do que bem.

Mas existem vários alimentos que fazendo isto se pode elevar à disseminação de bactérias e muitas outras consequências negativas a carne.

Porque não lavar o frango

As bactérias contidas no frango fresco podem ser muito perigosas para a nossa saúde. A mais conhecida de todas é salmonela.

As pessoas pensam que lavar o frango antes de cozinhar ajuda a resolver esse problema, mas não é verdade. Quando você lava o frango, a água que você usa ajuda a bactéria a se espalhar para as mãos e para a pia que você lava louças.

Quando você começar a cozinhar direto para a panela, todas as bactérias já não existirão mais, conversamos com alguns chefes de cozinha, e nos disseram que é melhor ferver o frango duas vezes: depois que a água ferver pela primeira vez, você deve trocar a água e continuar fervendo. Esse processo acabara e vez com a salmonela.

Carne vermelha

Quando você coloca a carne vermelha em baixo da água da torneira, a lavagem ajuda a bactéria a se espalhar para a pia da cozinha e para as mãos como vimos no frango também. Você pode se livrar das bactérias com altas temperaturas (assando, fritando, grelhando, e cozinhando).

Uma dica legal: antes mesmo de você cozinhar, use alguns guardanapos para remover o suco de carne da superfície por cima. Logo após, use detergente e água quente para lavar as suas mãos.

Samonella

Vamos falar um pouquinho sobre essa bactéria, salmonella é uma doença bacteriana comum que afeta o seu trato intestinal.

A bactéria salmonella normalmente vivem no intestino animal e humano e são eliminadas pelas fezes. Os seres humanos são infectados com mais freqüência por água ou alimentos já contaminados.

Geralmente, as pessoas com infecção por salmonela não apresentam sintomas. Outros desenvolvem diarréia, febre e cólicas abdominais dentro de 8 a 72 horas, e a maioria das pessoas saudáveis se recupera dentro de alguns dias sem tratamento específico.

Em vários casos, a diarréia associada à infecção por salmonela pode ser tão desidratante que requer atenção médica imediata.

E ainda as complicações com risco de vida também podem se desenvolver se a infecção se espalhar além do intestino. Seu risco de adquirir infecção por salmonela é maior se você viajar para países com falta de saneamento.

E ainda alguns fatores que podem aumentar o risco de infecção por salmonela incluem atividades que podem levá-lo a um contato mais próximo com bactérias e problemas de saúde que podem enfraquecer sua resistência à infecção em geral.

Mas o que realmente eu devo lavar na cozinha?

Frutas – Pegou uma fruta no mercado, e viu ela brilhando e com uma cara de que já se pode comer, você está enganado, sempre lave as frutas antes de consumir. Uma observação: Lave sempre bananas, melões, melancias e outras frutas e legumes com casca, pois também existem bactérias nelas.

Mas não use detergente ou sabão. Apenas seque a fruta com um um guardanapo ou um papel.

Latas – Talvez você não faça isso, mas procure sempre lavar com água e sabão, todas as latas como as de leite condensado, ervilha, milho, etc…

Nozes – Quando você comprar nozes soltas sem embalagem, lembre se sempre de lavar, afinal, você não sabe como ela foi armazenada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Batata doce previne diabetes, cegueira, e ajuda perder peso, aprenda

Comer couve-flor ajuda a reduzir o apetite, perder peso, e desintoxicar o organismo