Formiga na comida pode trazer mais doenças do que baratas, veja porquê

Você sabia que as formigas têm um olfato apurado? As formigas na verdade têm quatro a cinco vezes mais receptores de odores (localizados em suas antenas) do que a maioria dos outros insetos.

É esse senso excepcional de cheiro que ajuda as formigas a encontrar comida, as formigas comem uma variedade de alimentos, dependendo do tipo.

Por exemplo, as formigas de carpinteiro preferem carnes e alimentos que contenham gorduras e açúcar. Ao ar livre, as formigas-carpinteiras se alimentam de insetos vivos e mortos e meladas, um líquido doce produzido por pulgões e insetos.

No interior, as formigas-carpinteiras se alimentam de carne, pet food, xarope, mel, açúcar, geléia e outros doces.

Formigas operárias (fêmeas estéreis, sem asas) geralmente encontram comida para as rainhas (que põem os ovos), machos reprodutivos e jovens em sua colônia.

As formigas-operárias costumam buscar comida à noite (entre o pôr do sol e a meia-noite) na primavera e no verão, viajando até 100 metros do ninho para encontrar comida.

As formigas às vezes permanecem ativas no inverno se seu ninho estiver quente o suficiente da luz do sol, temperaturas externas amenas ou calor interno.


Quando as formigas estão ativas no inverno, elas costumam procurar à noite à procura de comida e umidade. Você pode vê-los perto de sua máquina de lavar louça, pias, banheiras ou outras áreas úmidas.

Quando as formigas trabalhadoras deixam seu ninho para procurar comida, elas deixam para trás um rastro de feromônios (fragrâncias químicas) – como deixar um rastro de pão ralado para ajudá-lo a encontrar o caminho de casa.

Depois que uma formiga encontra comida, ela se vira e segue um rastro de feromônio diferente até o ninho. Enquanto viaja para casa, coloca mais feromônio na trilha, reforçando a trilha

Quando outras formigas operárias se deparam com o rastro de feromônio, elas podem abandonar sua própria busca aleatória por comida para seguir a trilha do feromônio diretamente para a fonte de alimento.

Por outro lado, as formigas de carpinteiro, que às vezes são chamadas de “formigas da madeira”, usam uma combinação de feromônios e memórias visuais para encontrar sua comida.

Em sua primeira viagem a uma fonte de alimento, uma formiga de carpinteiro segue a trilha de feromônios estabelecida por outras formigas. Esse método de viajar é lento, já que a formiga precisa andar com as antenas até o chão para pegar o cheiro de feromônio.

Nesta primeira viagem, o carpinteiro armazena imagens da rota. Em viagens posteriores à mesma fonte de alimento, as formigas de carpinteiro usam marcos e memórias de toda a paisagem para encontrar o caminho.

As formigas usam diferentes memórias de marco a caminho do local de comida. Algumas formigas podem armazenar muitas memórias e ativar as corretas conforme necessário.

Como as formigas detectam o açúcar?

As formigas, como outros insetos, usam chemosense para detectar açúcar e outros alimentos. Eles têm a capacidade de detectar substâncias químicas em seu ambiente.

Quando esses produtos químicos estão presentes (mesmo em baixas concentrações), eles podem ser detectados como odores pelos receptores olfativos – pequenas cerdas no corpo do inseto.

As formigas podem reconhecer e detectar a localização de substâncias químicas (como as encontradas em açúcar e doces) que são atraentes.

Que ameaça as formigas fazem?

Formigas de carpinteiro podem potencialmente danificar sua casa mastigando madeira na serragem enquanto elas escavam e constroem túneis e galerias para seu ninho.

Saber o que as formigas em sua casa gostam de comer é um conhecimento importante para ajudá-lo a controlá-las.

Vamos fazer uma análise rápida, lembra da ultima barata que você matou, se você não jogou ela no lixo, como você acha que ela desapareceu, pois é, são elas.

Isso já mostra o quanto as formigas são um inseto, completamente perigoso, e devemos combatelas, e esquecer aquela velha fala das vovós, come é bom pra vista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receita do Bolo de laranja sem lactose e glúten, delícioso e saudável, aprenda

Segundo estudo, cerveja é melhor que o leite para os ossos