Bolo de milho (de latinha), fica muito cremoso e pouquinhos ingredientes

O milho é um alimento favorito de todos os tempos de todas as faixas etárias. Seja milho cozido, pipoca amanteigada e amanteigada, espigas de milho cruas e vestidas, tortilhas, nachos ou fubá – esse grão vegetariano brilhante e bonito tem um sabor celestial.

Além de seu delicioso sabor e textura, o milho é o principal alimento para vários problemas de saúde. Ajuda na perda de peso, aumenta o crescimento do cabelo e reduz a inflamação.

Para saber mais sobre este pau para todos, desloque-se para baixo e comece!
Milho (Zea mays) é o grão comestível (semente) da planta de cereais pertencente à família das gramíneas (Poaceae).

Esta cultura domesticada originou-se nas Américas e é uma das culturas alimentares mais amplamente distribuídas no mundo.

O milho é usado como ração animal, alimento humano, biocombustível e matéria-prima em vários setores. As variedades mais populares para consumo são o milho amarelo e branco.

Há também variedades de milho com grãos vermelhos, azuis, rosa e pretos que são muitas vezes enfaixados, manchados ou listrados. Esse é o resultado de uma incrível interação genética!

Existem diferentes tipos de milho baseados na textura do kernel. Vamos dar uma olhada em alguns deles.

Farinha de Milho: Em grande parte composto de amido suave e tem miolo macio, farinhento e facilmente moído.

Milho Doce: Tem sementes translúcidas enrugadas. O açúcar da planta não é convertido em amido como em outros tipos, conferindo-lhe assim doçura.

Pipoca: Um tipo extremo de milho duro que é caracterizado por grãos pequenos e duros, desprovidos de amido suave. O aquecimento faz com que a umidade nas células se expanda, fazendo os grãos explodirem.

O milho não é apenas composto de amido, mas também é carregado com fibras, carboidratos, minerais, vitaminas e outros micronutrientes. Confira a próxima seção por seu valor nutricional.

Agora vamos deixar de papo, e ir para o que realmente você veio procurar aqui, a deliciosa receita do Bolo, vamos lá:

O que precisa para a receita

Três ovos grandes
Uma latinha de milho
Meia medida (a mesma medida da lata de milho) de açúcar
Três colheres de mel
Uma medida (a da latinha de milho) de fubá
Uma medida (a da lata de milho) de leite desnatado
Três colheres de óleo
2 colherinhas de chá de fermento químico

Como fazer

Pegue o seu liquidificador e coloque primeiramente os ovos e bata a latinha inteira de milho, o fubá, o açúcar, o mel, o óleo, o leite.

Coloque o fermento e bata ligeiramente, e também, com o auxílio de uma colher, e com a colher ajude a desgrudar a massa das laterais do copo do liquidificador, para que todas as partes se misturem por completo.

Acrescente a massa em uma forma untada, com manteira, e farinha, (para não grudar) e deixe assar em forno pré aquecido a aproximadamente 180º por cerca de 35 a 45 minutos, claro de aquela olhadinha antes de tirar do fogo, pois pode variar de forno para forno, nos conte o que achou em, até +.

O milho geralmente amarelo é a variedade mais comumente usada de milho. O milho branco tem o mesmo valor nutricional, com uma exceção – o milho amarelo tem mais fibras do que a variedade branca.

Dentre os cereais, o milho possui um dos mais altos níveis de compostos fenólicos. Isto significa que tem excelentes propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e anticancerígenas.

Antocianinas, cumarinas, ácido trihidroxibenzóico, ácido vanílico, ácido cafeico, ácido ferúlico, ácido clorogênico, ácido hidroxifenilacético estão presentes no milho.

Além disso, flavonóides como quercetina, rustina, hirsutrina, morin, kaempferol, naringenina, hesperitina, zeaxantina, luteína e seus derivados são comumente vistos neste cereal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reeducação Alimentar: Cardápio Completo de pratos, para de maneira eficaz perder peso com saúde

Treino de 4 minutos para aumentar GLÚTEOS em casa