Coma sem remorso; Bolo fitness de aipim com côco pra te ajudar na dieta

O bolo de aipim, também conhecido como bolo de mandioca ou macaxeira em outras partes do Brasil, é um bolo típico, assim como o bolo de fubá.

Trata-se de um bolo caseiro muito simples de ser preparado, além de ter um sabor inigualável.

Abaixo separamos uma receita de bolo de aipim light, acompanhe e prepare em casa para servir as visitas. Bom apetite!

Bolo quentinho com café, tem como resistir? Uma das combinações mais tradicionais para lanches da tarde, também pode ser uma escolha saudável para sua dieta.

Essa é uma excelente receita para você que não consegue viver longe de doces comer sem culpa. O bolo de aipim com coco dá aquela certeza de que existe amor em forma de doces.

Antes de passarmos a receita, vamos ver 3 benefícios do aipim/mandioca:

1. Combate à desnutrição: Essa planta é tão rica em nutrientes, que em alguns países mais pobres e com alimentação escassa, até as suas folhas são aproveitadas.

2. Previne o estresse: Por ser muito rico em carboidratos, o aipim aumenta os níveis de serotonina do nosso organismo. A serotonina é um neurotransmissor que age nas regiões do cérebro responsáveis pela sensação de bem-estar.

3. Fonte energética: Por conter ferro, carboidratos e vitaminas do complexo B é uma fonte de energia ideal pra quem pratica atividades físicas.

Tem quase duas vezes mais calorias que a batata, por exemplo. É mais proteica que o inhame, a batata e a banana.

Ingredientes

3 ovos

500g de aipim (madioca/macaxeira) ralado cru (tem que ser do branco, se for do amarelinho vira purê)

1 xícara e 1/4 de xilitol

1 xícara de coco ralado fresco

2 colheres de sopa de óleo de coco

300ml de leite de coco caseiro

1 colher de sopa de fermento

Modo de fazer

Misture o aipim ralado, o coco ralado e o leite de coco. Reserve. Bata os ovos, o xilitol ou demerara e o óleo de coco até formar uma mistura esbranquiçada.

Por último adicione a mistura de aipim e incorpore o fermento. Coloque em forma untada de 25cm e leve ao forno 180 graus por 30¬ minutos.

A mandioca é um vegetal ou tubérculo de raiz rica em amendoim. Nativo da América do Sul, é uma importante fonte de calorias e carboidratos para pessoas em países em desenvolvimento.

É cultivada em regiões tropicais do mundo devido à sua capacidade de suportar condições de crescimento difíceis – na verdade, é uma das culturas mais tolerantes à seca.

Nos Estados Unidos, a mandioca é muitas vezes chamada de yuca e também pode ser referida como mandioca ou araruta brasileira.

A parte mais comumente consumida da mandioca é a raiz, que é muito versátil. Pode ser comido inteiro, ralado ou moído em farinha para fazer pão e bolachas.

Além disso, a raiz da mandioca é bem conhecida como a matéria-prima utilizada na produção de tapioca e garri, produto similar à tapioca.

Indivíduos com alergias alimentares muitas vezes se beneficiam do uso da raiz de mandioca em cozinhar e assar, pois é livre de glúten, sem grãos e sem nozes.

Uma nota importante é que a raiz de mandioca deve ser cozida antes de ser comida. A mandioca crua pode ser venenosa, o que será discutido em um capítulo posterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas para ganhar massa muscular de forma mais rápida

Couve pode deixar seu cérebro até 11 anos mais jovem