Sazon receita caseira, chega de tempero artificial, aprenda

É difícil imaginar ótimos pratos sem usar temperos. No entanto, você sabia que as especiarias podem estar associadas a vários riscos alimentares? No Sistema Europeu de Alerta Rápido para Alimentos e Rações (RASFF), ervas e especiarias desempenham um papel importante. Uma breve visão geral dos riscos potenciais de alimentos em especiarias.

Ervas e especiarias são usadas para fins alimentícios e medicinais há séculos – a primeira evidência registrada de seu uso remonta a 1500 aC e o Ebers Papyrus, que mencionava especiarias como maravilhosas como o anis, mostarda, açafrão, canela e cássia.

No século 21, pode acreditar em uma variedade de compostos secundários produzidos pelas plantas é usada em muitos campos da indústria, como a produção de alimentos para melhorar o paladar, e fornecer vitaminas, macro e microelementos e também para inibir a deterioração dos alimentos causada por alimentos transmitidos por alimentos.

O objetivo desta revisão é apresentar os principais compostos ativos em ervas e especiarias e explorar suas possíveis aplicações na indústria.

Prevenção do câncer

Ervas e especiarias desfrutam de uma rica tradição de uso por suas características de aprimoramento de sabor e por suas propriedades medicinais.

A grande prevalência de doenças crônicas em todo o mundo e o aumento correspondente nos custos com saúde estão impulsionando o interesse entre os pesquisadores e o público por esses itens relacionados a alimentos para múltiplos benefícios à nossa saúde, incluindo uma redução no risco de câncer e a modificação do comportamento do tumor.

E também um crescente corpo de evidências epidemiológicas e pré-clínicas aponta para ervas e especiarias culinárias como constituintes menores da dieta, com múltiplas características anticâncer.

Esta revisão enfoca as propriedades antimicrobianas, antioxidantes e antitumorigênicas de ervas e especiarias, sua capacidade de influenciar a bioativação de carcinógenos e prováveis ​​contribuições anticâncer.

E ainda enquanto ervas e especiarias culinárias apresentam possibilidades intrigantes para a promoção da saúde, são necessárias informações mais completas sobre as exposições reais aos componentes da dieta necessárias para obter uma resposta e o (s) alvo (s) molecular (is) de ervas e especiarias específicas.

E ainda somente depois que essas informações forem obtidas, será possível definir estratégias de intervenção apropriadas para obter o máximo de benefícios das ervas e especiarias sem provocar conseqüências ruins.

Usar um tempero natural, é muito mais saudável, e irá te fazer um bem enorme a saúde, agora aprenda as quatro melhores receitas para fazer em casa no modo de Sazon.

Receita 1 – Tempero Vermelho 

Acrescente no liquidificador: Duas Colheres (de sopa) de Salsinha desidratada, Duas Colheres (de sopa) de Paprica, Duas Colheres (de sopa) de Alho desidratado, Duas Colheres (de sopa) de Cebola desidratada, coloque também Uma Colher (de sopa) de Orégano e para dar um gosto maravilhoso Quatro folhas de Louro🍂

Receita 2 – Tempero Verde

Coloque no liquidificador: Três Colheres (de sopa) de Coentro desidratado, logo após acrescente Uma Colher (de sopa) de Cebola desidratada, e também Uma Colher (de sopa) de Páprica doce

Receita 3 – Tempero bom para por em Legumes

Acrescente no liquidificador Uma Colher (de sopa) de Pimenta do Reino, Duas Colheres (de sopa) de Cúrcuma, também coloque Duas Colheres (de sopa) de Salsa desidratada, e para terminar Duas Colheres cheias (de sopa) de Alho desidratado

Tempero 4 – Para Arroz 

Acrescente e bata no liquidificado: Duas Colheres (de sopa) de Cebola desidratada, acrescente também Uma colher (de sopa) de Salsinha, Uma Colher (de sopa) de Orégano, e para terminar Duas Colheres (de sopa) de Alho desidratado

Dica

– Você pode escolher um desses temperos, e sempre bata tudo no liquidificador.

– Procure armazenar em um pote com tampa, deixando na geladeira.

– Lembrando que o tanto de sal, você coloca no tanto que desejar direto na preparação do seu alimento, mas cuidado com o excesso de sódio, é um perigo para a saúde.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Couve possui mais ferro que um bife e mais cálcio que o leite, veja

Pão de queijo de batata doce: receita para quem ama o tradicional e não quer engordar