in

Aprenda a aula do jump emagrecedor para fazer em casa, e detonar gordura

Atualmente é comum as pessoas procurarem atividades físicas, treinamentos em grupo que trabalhem o corpo e se divirtam ao mesmo tempo.

Existe uma atividade que além do aluno se divertir de quebra trabalhará a força muscular, irá fortalecer e tonificar os glúteos, pernas e abdômen, queimar muitas calorias e ainda combater as celulites.

Sim são aulas de jump, muito conhecidas como Power Jump. Queridinho nas academias, já se popularizou no mundo todo e muita gente ainda nem tem ideia de quantos benefícios os pulinhos na cama elástica podem proporcionar.

Além de fácil execução ele comprovadamente traz resultados. Hoje vamos ensinar a você uma super aula para fazer em casa com a professora Tici Ribeiro, que é muito famosa na internet!

Se o seu objetivo é emagrecer, tonificar, combater celulite, estresse ou cardiovascular desenvolver o sistema cardiorrespiratório, conheça mais desse exercício e experimente fazer aulas de Power Jump ou simplesmente outros exercícios nesta mini cama elástica quase milagrosa.

O Que É Jump?

O Jump é uma das aulas mais populares das academias. O Jump consiste em um exercício aeróbico praticado em um mini trampolim ou cama elástica redonda.

Nas aulas, os alunos pulam neste mini trampolim fazendo uma série de movimentos diversificados e com intensidades variadas. As aulas são muito dinâmicas, podendo realizar desde coreografias até corridas estacionárias.

São aulas em grupos ao som de músicas animadas, deixando o exercício mais dinâmico, divertido e muito intenso. Porém, pode se fazer exercícios no jump sem necessariamente participar de uma aula em grupo.

Este tipo de exercício também é ótimo para aquecimento antes de outros exercícios na academia.

Princípios do Jump

É importante a prática de jump para pessoas que são esportistas como no ciclismo ou na corrida rústica. Por realizar movimentos repetitivos, este exercício ajuda na coordenação motora.

Podemos conhecer diversas modalidades e até mesmo a mesma modalidade com nomes diferentes como: body jump, body systems e ainda temos o power jump e jump fit.

Todos eles foram criados com metodologia a fim de evitar que o jump fosse realizado sem qualquer preceito e direção.

Foi concebido a princípio um protótipo do mini trampolim em 1938 e se tornou uma prática popular em 1975, seu início se deu nos Estados Unidos.

O jump é bastante popular entre atletas, porque embora seja usado o mesmo grupo muscular do ato de correr, a solicitação motora é diferente promovendo mais resistência nos músculos de quem corre. Aprenda a aula completa a baixo:

Benefícios do Jump

A prática de jump promove muitos benefícios como na melhora da oxigenação do organismo e também na circulação sanguínea, contribuindo para a redução do acúmulo de tecido adiposo, ou seja, a gordura que provoca a celulite.

Este tipo de exercício também auxilia no ganho de equilíbrio corpóreo, similarmente possui um efeito comparável com da drenagem linfática, ao realizá-lo o organismo elimina as toxinas dos tecidos.

A seguir listamos os principais benefícios do exercício de jump:

Melhora a Capacidade Cardiovascular
A prática constante do jump favorece o aumento da aptidão cardiovascular. O nosso coração funciona da seguinte forma: o sistema cardiovascular é composto de coração, artérias e veias que transportam sangue e oxigênio tanto para o coração como para todo o corpo.

Resultando tanto no bom funcionamento do coração como do organismo num todo, e como percebemos este ótimo desempenho cardiovascular?

Através das nossas tarefas diárias, pois vamos desenvolvê-las com maior facilidade e agilidade e sentiremos menos cansaço, ou seja, a capacidade e condicionamento físico irá melhorar significativamente.

Alto Gasto Calórico
Como é um exercício aeróbico e bem intenso, possui um alto gasto calórico, ou seja, numa aula de 50 minutos é possível gastar de 400 até 900 calorias dependendo dos movimentos e intensidade.

Este gasto calórico aumenta conforme o aluno obtém mais prática, pois conforme ele vai se familiarizando com a mini cama elástica, melhor ele consegue trabalhar os movimentos com mais intensidade e consequentemente o aumento do gasto calórico.

Trabalha a Coordenação Motora e o Equilíbrio
O jump tem uma exigência motora simples e compreensível. Porém, é preciso ter muita concentração para realizar os movimentos propostos.

É preciso ficar atento à postura, pois os exercícios são praticados em uma superfície elástica e instável, estimulando a melhora do equilíbrio corporal.

O jump tem características de treinamento funcional por possibilitar a vicissitude ao corpo. Isto faz com que os músculos estabilizadores – lombar e abdômen – sejam ativados a força.

À medida que a pessoa prática exercícios no mini trampolim, o equilíbrio dinâmico será desenvolvido e aperfeiçoado. Com isso, a lona elástica será empurrada com maior intensidade pelo praticante, agregando mais trabalho aos membros inferiores promovendo uma maior queima calórica nas aulas.

Fortalece os Músculos Inferiores
O jump fortalece os membros inferiores, ou seja, trabalha e fortifica todos os músculos dos membros inferiores: o quadríceps (parte anterior da coxa), os ísquiostibiais (parte posterior da coxa), e também os glúteos e as panturrilhas.

A realização constante do jump deixa estes músculos mais fortes e resistentes por causa do esforço que o exercício provoca nessa região. Os músculos inferiores, o abdômen e a região lombar tornam-se mais tonificados.

Tonifica os Músculos do Abdômen
Durante as aulas, os músculos do abdômen atuam como estabilizadores, fazendo com que o trabalho em isometria seja bastante intenso.

Como havia dito e reitero, para que ocorra uma contração dos músculos do abdômen e maior gasto calórico, contribuindo para uma barriga lisinha, o aluno deve empurrar o mini trampolim com os pés, exigindo maior força e trabalho das dos membros inferiores e abdômen.

Atividade Dinâmica
As aulas duram em torno de 45 a 60 minutos, nas quais os alunos executam coreografias com saltos diversificados, movimentos de corrida de forma bem dinâmica. O equipamento é amortece o impacto cerca de 80%, minimizando o risco de lesão, tornando a atividade segura.

O sucesso é tão grande que são criadas algumas modalidades como o power jump, jump fit e jump fit circuit. Este último inclui exercícios localizados alternados com os exercícios de resistência cardiovascular, fazendo com que obtemos novos estímulos e resultados.

São utilizados elásticos amarrados no trampolim para que se possa trabalhar também os membros superiores e coluna. Veja agora a aula maravilhosa que voce pode fazer em casa;

Comer ovos todos os dias, ajuda a ganhar músculos e perder gordura corporal

Bananas fervidas: detona a gordura abdominal, elimina insônia e retenção