Pesquisa confirma, ter um chefe ruim pode adoecer os funcionários

Talvez você clicou nessa matéria, por não estar satisfeito com seu atual emprego, pois é muito chato, trabalhar em um lugar com muita pressão, isso acaba fazendo a gente adoecer, psicológicamente, saiba que em uma pesquisa publicada pelo site Linke, para 75% dos americanos, os chefes são uma das principais causas de estresse no trabalho.

Ainda a pesquisa revela que um mau chefe pode ser tão prejudicial para os funcionários quanto o fumo passivo. O artigo também diz que quanto mais tempo você fica em um emprego trabalhando para alguém que o estressa, maior é o dano à sua saúde física e mental.

Ainda de acordo com os dados da Associação Americana de Psicologia mostram que 75% dos trabalhadores americanos acreditam que seus chefes são uma das principais causas de estresse no trabalho.

No entanto, 59% deles não deixariam o trabalho. As estatísticas mostram que os funcionários se acostumam com seus empregos, apesar do fato de estarem infelizes.

Isso complica ainda mais o processo de produção e resignação, já que eles não estão mais motivados a procurar um ambiente de trabalho mais saudável que possa melhorar sua situação.

Ainda pior do que cigarros Pesquisadores da Harvard Business School e da Stanford University, nos Estados Unidos, coletaram dados de mais de 200 estudos e descobriram que o estresse no trabalho pode ser tão prejudicial à saúde quanto a exposição a uma quantidade considerável de fumaça dos cigarros de outras pessoas. fumante passivo.

A principal razão para o estresse no trabalho para a maioria dos funcionários é o risco de perder seus empregos.

Como consequência, as chances são de que esses funcionários sejam 50% mais propensos a problemas de saúde do que seus colegas.

Os funcionários em um trabalho exigente devem entregar mais do que podem dar e isso aumenta suas chances de problemas de saúde agudos em 35%.

Sobrevivência Em alguns casos, os problemas com os chefes são apenas uma questão de afinidade. No entanto, existem muitos chefes como Miranda Priestly (de “The Devil Wears Prada”) na vida real.

Mas como você reconhece se pertence à primeira categoria ou à segunda? Maus chefes são excessivamente agressivos, narcisistas e até violentos às vezes.

Eles costumam dizer frases como “Nós sempre fizemos como”, “Você pode se considerar sortudo por ter um emprego” e “Este lugar é uma bagunça quando eu não estou por perto”.

Dadas as atuais condições de mercado, não é uma decisão fácil abandonar o emprego e recomeçar completamente. Isso logo se torna um hábito e o nível de motivação afunda.

Aqui estão algumas estratégias simples que podem ajudá-lo a sobreviver a momentos de crises profissionais:

Faça uma lista das metas do dia e retire os itens à medida que você os conclui. Essa sensação de ter feito algo pode ajudá-lo a seguir em frente.

Desligue seu e-mail e telefone comercial no fim de semana. Isso pode ajudar a recarregar sua bateria pessoal por um tempo curto.

Fonte e créditos: Linked

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ÁGUA DE MAÇA: Ajuda na redução de peso e medidas, aprenda

Semente de mamão é laxante natural, combate prisão de ventre, te ajuda no intestino preso