in

5 exercícios de força para correr mais rápido

Quantos dias será é seguro para você correr a cada semana depende de seus objetivos e níveis de condicionamento físico.

Se programar pelos dias para treinamento cruzado, treinamento de força e descanso deve fazer parte do seu plano de treinamento. Eles podem torná-lo um corredor mais forte e saudável em modo geral.

Está procurando melhorar seus passos do treino, e seja qual for a sua distância favorita, você ganhará velocidade e força com esses movimento e claro que não importa qual seja sua distância preferida e quão relaxada seja sua abordagem ao esporte, um esforço total rápido é nada menos que emocionante.

Quando você inicia as técnicas de exercícios de fortalecimento, as melhorias em sua corrida são fáceis e mais rápidas. Simplesmente por fazer mais corridas do que antes, seu corpo fica melhor condicionado e você fica mais rápido.

E sempre esses ganhos de velocidade param de acontecer tão facilmente, você precisa começar a misturar seu treinamento.

Nos seus treinamentos você pode iniciar isso introduzindo intervalos, sessões de tempo e outros tipos de exercícios à sua rotina de exercícios.

E vale ressaltar que sempre importante não exagerar na quantidade de treinamento rápido que você faz, porque isso aumentará o risco de lesões, mas ter uma ou duas sessões focadas na velocidade por semana junto com suas corridas fáceis e constantes o ajudará a se tornar um corredor mais rápido.

E agora para você, cinco exercícios que certamente ajudarão qualquer atleta de corrida a ficar um pouco mais rápido.

Subida explosiva

Para realizar este exercício primeiramente se coloque em pé com uma caixa ou banco à sua direita na altura do joelho, agora levante o pé direito para que ele fique pairando sobre o topo da caixa, depois plante-o no chão e levante o chão com a perna esquerda e dirija o joelho esquerdo no ar.

Abaixe o seu pé esquerdo no chão e reinicie com o seu pé direito pairando sobre a caixa. Faça todas essas repetições de um lado e depois mude para a outra perna.

Agachamento Dividido

Podemos dizer que na pratica de corrida em qualquer velocidade em qualquer distância, você está sempre em um pé, ou seja é bom treinar dessa maneira sempre que possível.

Faça uma posição de estocada com os joelhos dobrados e o pé de trás apoiado em um banco a uns 13 cm do chão. Agora abaixe até que a coxa da frente esteja quase na horizontal, mas não empurre o joelho além do pé da frente.

Terra

O treinamento levantamento terra executa praticamente todos os músculos, mas com um foco específico na parte de trás do corpo, sim Isso passa pelos músculos isquiotibiais, glúteos e parte inferior das nossas costas, que são importantes para a a pratica de corrida.

Primeiramente dobre os joelhos e segure uma barra com uma pegada pronada e as mãos na largura dos seus ombros.

Agora levante a barra até a altura da sua coxa, com o movimento impulsionado pelos músculos das pernas e pelo movimento para frente dos seus quadris. Faça uma pausa de um segundo e puxe os ombros para trás, depois abaixe a barra.

Saltando largo

Este exercício você pode fazer no quintal da sua casa, comece em uma extremidade da sala, faça um salto em largura e assim que você pousar, vá para outro salto, primeiramente fique de pé com os pés afastados na largura dos ombros, depois decole com os dois ao mesmo tempo, tentando pular para a frente o mais longe possível enquanto aterrissa com os dois pés, esse é um ótimo exercício para corrida.

Banda ou elástico de resistência

Para realizar este exercício coloque uma faixa de resistência a uma barra vertical e deite-se de costas com os pés mais próximos da barra.

Agora prenda a faixa em volta dos joelhos e levante as pernas até que os joelhos fiquem dobrados a cerca de 90° e acima dos quadris.

Você ainda vai mover os braços enquanto mantém a parte inferior do corpo nessa posição, lutando contra a banda de resistência.

Procure mover o seu braço esquerdo em direção ao chão por cima do ombro e, quando ele voltar, mova o braço direito. Mantenha seu núcleo o mais neutro e firme possível, sem muita rotação.

Execução correta do agachamento sumô

Ponte de glúteos corrige desalinhamento do joelho e tonifica as pernas: aprenda