Café emagrece, diminui o risco de depressão, e mais 8 motivos para você consumi-lo

O café é uma das bebidas mais populares no mundo inteiro, e graças aos seus altos níveis de antioxidantes e nutrientes benéficos, por ser bastante saudável.

Em grandes estudos mostram que os bebedores de café têm um risco muito menor de várias doenças graves.

Melhora os níveis de energia e torná-lo mais inteligente

Beber café pode ajudar as pessoas a se sentirem menos cansadas e aumentar os níveis de energia, isso porque contém um estimulante chamado cafeína – a substância psicoativa mais consumida no mundo inteiro.

Depois de você tomar café, a cafeína é absorvida pela corrente sanguínea. A partir daí, ele viaja para o seu cérebro.

E no seu cérebro, a cafeína bloqueia o neurotransmissor inibitório adenosina, e quando isso acontece, a quantidade de outros neurotransmissores, como a noradrenalina e a dopamina, aumenta, elevando ao aumento da liberação de neurônio.

Em estudos nos Estados Unidos controlados em humanos mostram que o café melhora vários aspectos da função cerebral – incluindo melhor memória, humor, vigilância, níveis de energia, tempos de reação e função mental em geral.

Combater depressão e torná-lo mais feliz

Pessoas no mundo inteiro, a depressão é um distúrbio mental grave que causa uma qualidade de vida significativamente reduzida, e é muito comum, pois cerca de 4,1% das pessoas nos Estados Unidos atualmente atendem aos critérios de depressão clínica.

Em um grande estudo de Harvard publicado em 2012, as mulheres que bebiam quatro ou mais xícaras de café por dia tinham um risco 20% menor de ficarem mais deprimidas.

E em outro estudo em 250 000 indivíduos descobriu que aqueles que bebiam 4 ou mais xícaras por dia tinham 53% menos chances de morrer por risco de suicídio.

Câncer

Infelizmente, câncer é uma das principais causas de morte no mundo. É caracterizada pelo crescimento descontrolado de células em seu corpo todo.

Consumir café parece proteger dois tipos de câncer: fígado e câncer colorretal, câncer de fígado é a terceira principal causa de morte por câncer no mundo, enquanto o câncer colorretal ocupa a quarta posição.

Em estudos mostram que os bebedores de café têm um risco até 40% menor de câncer de fígado. E da mesma forma, um estudo em 400 000 pessoas descobriu que aqueles que bebiam 4-5 xícaras de café por dia tinham um risco até de 15% menor de câncer colorretal.

Viver mais tempo

Todos os bebedores de café têm menos probabilidade de contrair muitas doenças, faz sentido que o café possa ajudá-lo a viver mais tempo.

E este efeito parece particularmente forte em pessoas com diabetes tipo 2. Em um estudo de 20 anos, indivíduos com diabetes que tomaram café tiveram um risco 30% menor de morte.

Antioxidantes

Para todas as pessoas que seguem uma reeducação alimentar padrão, o café pode ser um dos aspectos mais saudáveis de sua dieta.

E isso ocorre porque o café é bastante rico em antioxidantes. Pesquisas mostram que muitas pessoas obtêm mais antioxidantes do café do que de frutas e legumes.

O café pode ser uma das bebidas mais saudáveis do planeta, lembrando que para usar o café para emagrecer, sempre deve ser sem açúcar, e sim em capsulas ou usando adoçante.

Doenças cardíacas

Várias pessoas dizem que a cafeína pode aumentar sua pressão arterial, mas com um aumento de apenas 3-4 mm / Hg, o efeito é pequeno e geralmente se dissipa se você toma café regularmente.

Isso pode persistir em algumas pessoas, portanto, lembre-se disso se você tiver pressão arterial elevada.

Em vários estudos não apoiam a idéia de que o café aumenta o risco de doenças cardíacas, e pelo contrário, existem evidências de que as mulheres que tomam café têm um risco reduzido.

Em alguns estudos também mostram que os bebedores de café têm um risco 20% menor de derrame.

Parkinson

O Parkinson é a segunda condição neurodegenerativa mais comum, logo atrás da doença de Alzheimer, é causada pela morte de neurônios geradores de dopamina no seu cérebro.

Mas como na doença de Alzheimer, não há uma cura conhecida, o que torna muito mais importante o foco na prevenção.

Em estudos mostram que os bebedores de café têm um risco muito menor da doença de Parkinson, e com uma redução de risco variando de 32 a 60%.

A cafeína em si parece ser benéfica, pois as pessoas que bebem descafeinado, têm um risco menor de Parkinson.


Em pessoas que bebiam quantidades moderadas de café por dia tinham um risco 11% menor de insuficiência cardíaca do que aquelas que não tomavam.

Uma meta-análise feita recentemente em 2017 da Universidade do México se descobriu que o consumo de cafeína pode ter pelo menos um pequeno benefício para a saúde cardiovascular, incluindo a pressão arterial.

Mas no entanto, encontraram níveis mais altos de lipídios no sangue (gordura) e colesterol em pessoas que consumiram mais café.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mousse de mamão proteica maravilhosa, faz seu intestino funcionar direito, aprenda

Comer um ovo antes de beber e outro no dia seguinte evita ressaca, diz estudo