Reeducação Alimentar: Cardápio Completo de pratos, para perder peso de maneira eficaz e com saúde

É bom caminhar todos os dias para perder peso, mas não de qualquer maneira. Devemos ter certeza de obter o maior rendimento sem pôr em perigo a nossa saúde.

No entanto, muitas pessoas optam por caminhar todos os dias, a fim de perder peso. Os médicos alertam sobre o suposto perigo de correr para a musculatura e os ossos.

Ao lidar com exercícios mais domésticos, estes não sofrem tanto, mas conservam os principais benefícios da atividade.

Hoje a nossa dica é muito boa, mas em  primeiro lugar, é importante saber que uma boa avaliação composição corporal poderá esclarecer as causas da estagnação ou aumento de peso.

Antes que você pense que está fazendo algo errado durante o treino ou queira desistir  de vez, é preciso entender como o corpo funciona em relação ao seu peso.

Mas o que é massa magra e massa gorda?

As pessoas comentam que você emagreceu, você se enxerga mais fino no espelho, as roupas estão cada vez mais largas, mas o seu peso permanece igual ou está subindo.

Se isso está acontecendo com você, não se preocupe!

Seu corpo aos exercícios não poderia ser melhor e provavelmente o seu peso não diminui porque você está ganhando massa corporal magra.

O que é massa magra?
A massa magra é composta por músculos, órgãos vitais e ossos, enquanto a massa gorda é o peso da gordura que temos no corpo.

Tenha sempre em mente que os ponteiros da balança podem subir ainda que você mantenha um plao alimentar equilibrado.

Opção 1

Café da manhã: uma batida (feito com ½ banana + ½ xícara de manga congelada + 1 xícara de couve + ½ xícara simples, iogurte grego com pouca gordura + ½ abacate pequeno + ½ xícara de leite desnatado)

Lanche da manhã: (comer uma hora e meia antes do almoço) 1 maçã + 1 noz moscada

Para o almoço: 2 xícaras de sopa vegetariana ( tomate, cebola, couve, batata, salsa, couve flor, espinafre, agrião, batata doce) + peito de frango, ovos, ou carna magra

Para o lanche da tarde: 1 laranja + 1 fatia de queijo

Jantar: 1 pequena fatia de salmão + 1 xícara de cenoura cozida no vapor + 1 xícara de brócolis no vapor + 2 colheres de sopa de molho teriyaki + 1 colher de chá de sementes de gergelim

Notas: Asse o salmão a 400 ° F (200 ° C) até ficar firme ao toque, 10 a 15 minutos, dependendo da espessura. Pique as cenouras e os brócolos e cozinhe até ficarem tenros e crocantes, cerca de 5 minutos para as cenouras e 3 minutos para os brócolos.
Regue tudo com o molho teriyaki e polvilhe com as sementes de gergelim.

1236 CALORIAS TOTAIS PARA O DIA

Opção 2

Café da manhã: batida de frutas silvestres (feito com ½ banana + 1 xícara de morangos congelados + ½ xícara de iogurte grego desnatado + ½ xícara de leite desnatado)

Lanche da manhã: 1 banana + 1 noz moscada

Almoço: 1 pedaço de carne magra grelhado + 3 colheres de arroz integral + 2 colheres de feijão

Lanche da tarde: 1 maça + uma pegada de mão de amendoim torrado, ou noz moscada

Jantar: 1 fatia de frango grelhado + ½ xícara de batata doce assada + 1 xícara de couve de Bruxelas torrada + 1 colher de sopa de azeite.

Observação: Pique a batata-doce e reduzir pela metade as couves de Bruxelas, e coloque em uma assadeira.

Regue com 2 colheres de chá de azeite, tempere com sal e pimenta e misture bem. Assado a 450 ° F (230 ° C) até ficar macio, cerca de 15 minutos.
Pincele o frango com 1 colher de chá de azeite e tempere com sal e pimenta.

Grelhe em fogo médio-alto até ficar marcado e não mais rosa no centro, cerca de 5 minutos por lado.

1.230 CALORIAS TOTAIS PARA O DIA

Não adianta colocar os quilos a mais na conta da saúde. Embora seja mais complicado para indivíduos com problemas como hipotireoidismo ou ovário policístico perderem peso, dizer adeus às gordurinhas nunca não é impossível.

Doenças da tireoide e da glândula suprarrenal, como a doença de Cushing , atrapalham o emagrecimento, mas não podem ser usadas como desculpa para o sobrepeso e a obesidade.

Em termos de obesidade, isso corresponde a menos de 3% dos casos. Os outros 97%, segundo a médica, estão relacionados a erros alimentares e a sedentarismo.

Em algumas alterações hormonais por doenças ou por fase fisiológica, como a menopausa e a andropausa, há uma diminuição do metabolismo basal, ou, em outras palavras, da quantidade mínima de energia (calorias) necessária para manter as funções vitais do organismo em repouso.

Ao mesmo tempo, há um excesso de hormônios orexígenos, que estimulam a fome. Resumindo: quanto mais esses hormônios aumentam, mais o apetite cresce.

“O tempo inteiro, o organismo produz e quebra gordura, na presença desses fatores hormonais, a gente desvia esse ciclo para maior produção e menor quebra. A pessoa acumula gordura mesmo não comendo tanto.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O álcool ajuda você a falar melhor uma língua estrangeira

Bolo de milho (de latinha), fica muito cremoso e pouquinhos ingredientes